Agroproductive Evaluation of Maize (Zea mays L) and Beans (Phaseolus vulgaris L.) Cultivated in Association, in Angonia, Mozambique

Main Article Content

Yaima De las Mercedes Daniel Ortega, M.Sc.
https://orcid.org/0000-0002-0187-870X
Sergio Pascoal Fidélis Abel Meireles, Ing.
Armando del Busto Concepción
Lorenzo Donis Garcia

Resumen

This research took place at the Center for Agricultural Research in Mozambique, on red ferrallitic soil, located at the Ntengo Umodzi Agronomy Post, Angonia District, Province of Tete, in 2012-2012. The aim was to evaluate agroproductivity indicators within a crop area of maize and beans in association. A randomized block experimental design was used, with 4 replicas and 5 treatments, consisting of maize plants, variety PAN 53; and beans, variety Diacol, in association, in 20 lots of 8 furrows each. Plant height was evaluated for the two crops. The number of kernels per ear and beans per pod were determined, along with the land equivalence ratio. SPSS 13.0 for Windows was used for statistical analysis of results, and normal distribution of each variable data was checked. Variance analysis was made as well. The Pearson correlation coefficient was performed through the Statistical Analysis System (SAS). The results showed no significant differences in terms of plant height and number of kernels per ears. The land equivalence ratio of the asso

Article Details

Cómo citar
Daniel Ortega, Y., Fidélis Abel Meireles, S., del Busto Concepción, A., & Donis Garcia, L. (2017). Agroproductive Evaluation of Maize (Zea mays L) and Beans (Phaseolus vulgaris L.) Cultivated in Association, in Angonia, Mozambique. Agrisost, 23(2), 47-57. Recuperado a partir de https://revistas.reduc.edu.cu/index.php/agrisost/article/view/2352
Sección
Artículos científicos

Citas

Aidar, H., Vieira, C., Oliveira, L. M., & Vieira, M. (1979). Cultura associada de feijão e milho.Efeito de populações de plantas no sistema de plantiosimultâneo. Ceres, 26(143), 102-111.
Andrade, B., Morais, A. R., Teixeira, I. R., & Silva, M. V. (2001). Avaliação de sistemas de consórcio de feijão com milho-pipoca. (Lavras, Ed.) Ciência Agrotécnica, 25, 242-250.
Andrade, M. J (1998). Resposta da cultura do feijoeiro à aplicação foliar de molibdênio e às adubações nitrogenadas de plantio e cobertura. (Lavras, Ed.) Ciência e Agrotecnologia, 22(214), 499-508.
Carvalho, M. A. (2004). Produtividade do milho em sucessão a adubos verdes no sistema de plantio directo e convencional. Pesquisa Agropecuária Brasileira, 39(1), 47-53.
Carvalho, W. P., & Wanderley, A. L. (2007). Avaliação de cultivares de feijão comum para o plantio em sistema orgânico no cerrado. 23(3), 50-59.
Costa, A. S., & Silva, M. B (2008). Sistemas de consórcio milho feijão para a região do vale do rio doce, Minas Gerais. Ciência Agrotécnica, 32(2), 663-667.
Denega, S., Jadoski, S. O., & Mallmann, N. (2004). Avaliação da produtividade no consórcio de milho e feijão. Guairacá, Guarapuava, 20, 17-31.
Direcção Nacional de Administração Local. (2005). Perfil do distrito de Angónia. Angonia, Tete: Mninisterio da Administração Estatal.
Flesch, R. D. (2002). Efeitos temporais e espaciais no consórcio intercalar de milho e feijão. Pesquisa Agropecuária Brasileira, 37(1), 51- 56.
Fioreze, S. L., Guimarães, V. F., Marchi, S. L., Pivetta, L. G., Fano, A., & Machado, F. R. (2007). Resposta do milho (Zea Mays L.) a diferentes níveis deadubação de base em cultivos anteriores e arranjos espaciais de plantas. In: Congresso Brasileiro de Ciência do Solo . Anais, Gramado-RS.
Fornasieri, F. D. (2007). Manual da cultura do milho. Funep.Jaboticabal.
Franck, D. C. (2011). Evolution of experimental varietes on station to identify superior stable yielding varietes. Maize improvement – CSIRCRI. Guinea Savannah: Coastal savannah and transition zonas of Ghana.
Garcia, J., & Pinchinat, A. M (1976). Producción associada de maiz e soya a diferentes densidades de siembra. Turrialba, 26(4), 409 411.
Gliessman, R. S. (2000). Agroecologia: processos ecológicos em agricultura sustentável. Porto Alegre.
Kozlowski, A. L. (1999). Período crítico de interferência das plantas daninhas na cultura do feijoeiro-comum em sistema de semeadura direta. Dissertação apresentada como requisito parcial para a obtenção do título de "Mestre em Ciências", Curitiba.
Maciel, A. D. (2004). Comportamento do feijoeiro em cultivo consorciado com milho em sistema de plantio direto. Acta Scientiarum Agronomy, 26(3), 273 278.
Maciel, A. D., Silva, M. G., Arf, O., Sa, M. E., Buzetti, S., Andrade, J. A., et al. (2004). Comportamento do milho consorciado com feijão em sistema de plantio direto. Acta Scientiarum Agronomy, 26, 309 314.
Morgado, B. L., & Willey, R. W. (2003). Effects of plant population and nitrogen fertilizer on yield and efficiency of mayze-bean intercropping. Pesquisa Agropecuária Brasileira, 38(11), 1257 1264.
Oliveira, & Silva, L. O. (2001). Cultura associada de feijão e milho.XIII-Retardamento de plantio em uma ou outra das culturas. Revista Ceres, 48(8), 583 592.
Oliveira, M. A. (2011). Milho e feijão-caupi cultivados em faixas na safrinha. Dissertação apresentada à Faculdade de Ciências Agronômicas da UNESP Campus de Botucatu, para obtenção do título de Mestre em Agronomia, BOTUCATU-SP.
Penariol, F. G. (2003). Comportamento de cultivares de milho semeadas em diferentes espaçamentos entre linhas e densidades populacionais na safrinha. Revista Brasileira de Milho e Sorgo, 2(2), 52 60.
Portes, T., & Silva , C. C. (1998). Cultivo consorciado. Cultura do feijoeiro comum no Brasil., 415 437.
Radosevich, S. R., & Holt, J. S. (1984). Weed Ecology: Implications for vegetation management. New York: John Wiley Sons.
Raposo, A. J., Schuch, F. N., & Machado, A. A. (1995). Consorcio de milho e feijao em diferentes arranjos e populacoes de plantas, em Pelotas. Pesquisa. Agropecuaria, 30(5), 639 647.
Rezende, A. B., Canato, G. H., & Cecilio, F. A. (2002). Produtividades das culturas de tomate e alface em função da época de estabelecimento do consórcio, em relação a seus monocultivos, no cultivo de inverno. Congresso Brasileiro de Olericultura , Uberlândia.
Rezende, R. (2007). Função de produção da cultura do milho e do feijão para diferentes lâminas e uniformidade de aplicação de água. Acta Scientiarum Agronomy, 26(4), 503 511.
Sa , M. d., M, A. O., & Sobrinho, F. S. (1994). Comunicação: Aspectos morfológicos e fisiológicos de cultivares moderna e antigas de milho. Ciência e Agrotecnologia., 26(5), 1082 1091.
Sangoi, L. (2000). Understanding plant density effects on maize growth and development: an important issue to maximize grain yield. Ciência Rural, 31(1), 159 168.
Sangoi, L., Almeida, M. L., Gracietti, M. A., Bianchet, P., & Horn, D. (2002). Sustentabilidade do colmo em híbridos de milho de diferentes épocas de cultivo em função da densidade de plantas. Revista Brasileira de Milho e Sorgo, Sete Lagoas, 1(3), 47 58.
Santos, N. C. (2007). Comportamento de cultivares de feijoeiro e de milho verde em cultivo solteiro e consorciado. Tese (Doutorado em Agronomia).
Senasem. (2008). Politique natinale du developpment du sous secteur de semences. Kinshasa: Minagri.
Souza, F. F., da Silva, A. G., de Souza, E. B., Neves, L. R., Faria, L. C., & Del Peloso, M. J (2005). Desempenho de genótipos de feijão-comum avaliados em Porto Velho, na safra 2003/2004. Comunicado técnico, Porto velho.
Souza, M. d., Tavora, F. A., Bleicher, E., & Pitombeira, J. B (2002). Efeito do consórcio do milho (Zea mays L.) com o feijãode-corda (Vigna unguiculata (L.) Walp.) no rendimento de grãos, uso eficiente da terra e ocorrência de pragas . Ciência Agronômica, 35.
Souza, M. d., Tavora, F. A., Bleicher, E., & Pitombeira, J. B (2002). Efeito do consórcio do milho (Zea mays L.) com o feijãode-corda (Vigna unguiculata (L.) Walp.) no rendimento de grãos, uso eficiente da terra e ocorrência de pragas . Ciência Agronômica, 35.
Vieira, C. (1984). Índice de equivalência de área. Informe Agropecuário, Belo Horizonte.
Vieira, C. (1985). O feijão em cultivos consorciados. Viçosa.
Vieira, R. F., Lima, R., & Cardoso, L. (2008). Desempenho de cultivares de feijão-arroz em Coimbra e Leopoldina. Ceres.
Vieira, R. F., Vieira, C., Fondeca, J. R., Moura, W. M., & Rigueira, C. M (2002). Comportamento de variedades de feijão do tipo jalo em minas gerais II. Ceres.
Wijesinha, A., Federer, W. T., Carvalho, J. R., & Portes, T. A. (1982). Some statistical analysis for a maize and beans intercroping experiment. Crop Science, 22(3), 660-666.